Iniciativa privada: ações empreendedoras são essenciais para recuperar economia do país

Dr. Hélio durante entrevista

Dr. Hélio durante entrevista

Danielle Michelazzo

Redação 06

Apesar da crise não ter gerado tantos reflexos negativos no Brasil e em Campinas como muitos esperavam, o presidente da DPaschoal, Luís Norberto Paschoal, acredita que alguns cuidados devem ser tomados pelos empresários. Isso porque, segundo ele, 2009 será um ano bastante problemático. Principalmente nos meses iniciais, quando a economia mundial passará por uma fase de estagnação ou de recessão.

“O mundo acelerou-se demais em áreas que não tinha estabilidade econômica, por isso vamos passar por um período de desalavancagem creditícia no primeiro trimestre de 2009. Como o Brasil foi financiado nos últimos cinco anos, basicamente, com dólar e real, além de uns poucos ienes, então teremos que nos ajustar com patamares diferentes, porque neste momento não entrará moeda estrangeira no País. Será preciso saber gastar com aquilo que realmente é necessário”, alertou.

Mas, em consonância com o discurso do prefeito de Campinas, Hélio de Oliveira Santos, Paschoal defende que a hora é de empreender, e não de se deixar abater por medo ou insegurança em razão da queda na economia. “O Brasil tem condições macro e micro econômicas para sair bem dessa crise e terá uma excelente oportunidade de se colocar na frente de pelo menos outros 100 países, mas, para isso, precisaremos de muito empreendedorismo. Teremos que enfrentar, lutar e conquistar, e não se conformar ou se deixar levar pela apatia”.

Mesma visão tem o presidente da Trip Linhas Aéreas, José Mário Caprioli. Assim como o presidente da Dpaschoal, Caprioli acredita que empreender é necessário para que tanto a economia nacional como as empresas continuem respirando. “Eu acho que a visão do Paschoal é muito acertada, até porque o Brasil, por ser um País ainda em desenvolvimento, tem diversas frentes de negócios para serem desenvolvidas ainda, e se as pessoas ficarem contaminadas por esse espírito de crise global, não iremos crescer e acabaremos virando um eterno projeto”, analisou.

About these ads

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s