Lactobacilo Morto: a relação entre jornalismo e cartunismo

Rodrigo Pereira
Redação 03

A ligação entre cartunismo e jornalismo é evidente nos dias atuais. O termo, utilizado pela primeira vez em 1840 pela revista britânica Punch, é utilizado nos tempos contemporâneos principalmente para satirizar acontecimentos de interesse público, em especial da política.
O Redator On Line entrevistou o cartunista carioca Leandro Kemp, de 32 anos (colaborador da Revista Mad e do Humortadela, e dono do blog Lactobacilo Morto, onde publica freqüentemente seus cartuns, charges e tiras) para saber, dentre outras coisas, qual seu comprometimento com a crítica social e com a sátira no sentido de mobilizar o leitor.

*

- Você sempre busca relacionar assuntos factuais no seu trabalho, com bastante ênfase na crítica social. Em que nível você considera o cartunismo como um caminho para desenvolver a consciência crítica?
O cartunismo, de uma forma geral já teve mais impacto no Brasil. Posso citar a época da ditadura, com Ziraldo e Jaguar, por exemplo. Os desenhos tinham mais repercussão… não pela força, mas até mesmo pelo momento em que o país vivia. Hoje a charge tem menos impacto, mas sempre funciona como estímulo! Sempre nos faz pensar a respeito de algo que nos incomoda. E o que não falta no Brasil é matéria prima pro humor… 

crisemunchfin2008

- No seu trabalho estão presentes várias formas de arte, principalmente de uma cultura alternativa. Como você vê a função do humor neste ponto? Seria meramente entretenimento ou a ligação com a factualidade busca tentar fazer “acordar” as pessoas para a realidade?
Verdade! Sempre uso em meu trabalho referências… tanto de filmes como arte de um modo geral. É uma forma de interligar o leitor ao que acontece paralelamente à política, que convenhamos… é chato pacas! A linguagem POP me atrai demais… adoro cores associadas a boas idéias! O mundo já é bem descolorido e sem graça…

- Você considera cartunismo como jornalismo?
Cartunismo é um jornalismo gráfico, resumidamente. Não deixo de ser um jornalista, já que transfiro as notícias através do traço para os leitores. Só que nesse caso entra minha visão pessoal do fato, minha indignação com algum fato específico. O problema é que essa visão pessoal pode gerar descontentamento por parte de leitores mais ranzinzas.

- Você tem alguma idéia de quantas referências o Lactobacilo Morto já tem na Internet (links, propagandas, referências, etc), mesmo sabendo que esta informação é relativa na web. Hoje em dia é possível ter uma renda empenhando-se diariamente em um blog de cartunismo?
O Lactobacilo Morto é bem acessado, realmente, mas só tenho o blog pelo lado divertido da coisa. Trabalho com charges diariamente desde 1995 e publiquei em muitos veículos. O site acabou ficando mais como ligação direta com o pessoal que curte meu trampo. E na verdade sou um cara muito preguiçoso, nunca fui atrás de nada que pudesse ser revertido em Reais… E além disso tudo, preciso de pouco pra viver, não pego qualquer coisa só pelo dinheiro. A maturidade profissional faz a gente não perder mais tempo a troco de nada.

exorcistafimerabush08