Professores estão sem treinamento para o Novo Acordo Ortográfico

Renata Muniz
Redação 03

O novo Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa entrará em vigor a partir de janeiro de 2009 e junto com o início da sua vigência é preciso pensar como se adaptar às mudanças que vêm com ele. Os mais preocupados com as alterações são os professores, uma vez que eles ensinam as regras e precisam estar atualizados para trabalhar com o novo acordo junto aos alunos. A professora de português e literatura, Fernanda Vianna, que dá aula na rede pública de ensino, não sabe como será ministrar as novas regras, pois terá também que reaprendê-las. Tarefa que poderá não ser das mais fáceis, pois segundo Fernanda, os professores da rede pública não receberam nenhum treinamento para se adaptar ao novo acordo. “Nenhum professor recebeu alguma orientação sobre as mudanças ortográficas. Sabemos o que todo mundo sabe pelos meios de comunicação”, afirma.

A analista pedagógica do Sesi de São Paulo, Geane Botarelli, diz que na instituição os professores receberão treinamento, mas ainda está só na proposta. “Divulgaremos o acordo para todos os professores e paralelamente em nossa rede há a formação continuada. Faremos encontros com a finalidade de discutir estratégias que possibilitem colocar em prática a nova lei”. Mas explica, que o processo será gradual.

Para a formanda de Letras, Juliana Noveleto, ensinar o português a partir do novo acordo, ficará mais difícil. “Os alunos já internalizaram as regras gramaticais anteriores, e os professores também já estão acostumados com as regras presentes na gramática normativa”. A estudante ressalta que em relação aos alunos iniciantes, as novas regras gramaticais não surtirão efeito negativo, pois neste caso, não possuem conhecimento prévio.

Para Geane Botarelli, a mudança no aprendizado dos alunos será pequena, pois poucos acentos foram extintos. “Alguns sinais gráficos, como o trema, não estavam sendo muito utilizados. Há alteração no ditongo aberto das paroxítonas, mas nas oxítonas continua, ou seja, tudo bem parecido”, afirma Geane.

A professora Fernanda Viana afirma que não vê relação na facilidade do aprendizado com a retirada de alguns acentos da ortografia. “O bom aluno aprende independente de alguns acentos a mais ou a menos”.

A Coordenadoria de Estudos e Normas Pedagógicas, órgão da Secretaria de Educação do Estado de São Paulo, não respondeu sobre a falta de treinamento dos professores da rede pública de ensino.

 

Modificação e regulação

 

O presidente Lula promulgou, no mês de setembro, o protocolo de modificação e regulação do Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa, que estabelece o cronograma para a sua vigência.

Segundo o Ministério da Educação, inicia-se agora um processo de substituição dos livros didáticos, dos quais os novos virão em concordância com as novas regras.

Até 2012, a atual ortografia e a nova conviverão para uma fase de adaptação. De acordo com dados do MEC, a língua portuguesa será alterada em 0,8% dos vocábulos no Brasil e 1,3% em Portugal.

 

Guia – novo Acordo Ortográfico produzido pelo Professor Douglas Tufano.

3 pensamentos sobre “Professores estão sem treinamento para o Novo Acordo Ortográfico

  1. Bom, o Acordo Ortográfico foi assinado em 29 de setembro de 2008 e, em 1 de janeiro de 2009 começará a vigorar. Inclusive, serão exigidos conhecimento da nova ortografia. Mas e porque os professores não estão sendo treinados?
    Parece que os órgãos ligados à educação estão sendo somente utilizados para apoio político. O Acordo em si já mostra isso.

  2. Seria ótimo que todos os estados tivessem essa preocupação com os professores,pois os mesmos sentem essa dificuldade,mas iremos superar em breve………….

  3. Felizmente, a implementação do Acordo Ortográfico foi adiada para 1º de janeiro de 2016. Nos três anos que se seguem, o texto oficial do Acordo Ortográfico deveria ser corrigido, daí os professores seriam treinados. Para que ficasse mais bem elaborado, no Brasil haveria a participação direta da Academia Brasileira de Filologia, e a participação dos especialistas dos outros países lusófonos.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s