Americana não quer só comida

12º Festival de Teatro reúne cerca de 7700 pessoas em vários pontos da cidade

Cena de peça do festival

Ana Paula Angelini
(anapaula_angelini@hotmail.com)

 Assim como na música Comida, do grupo Titãs, a população de Americana mostrou que também não quer só comida, quer comida, diversão e arte. Prova disso, é que os americanenses lotaram todas as sessões do 12º Festival de Teatro de Americana, que foi realizado entre os dias 3 e 11 de setembro. Segundo o administrador do Teatro Municipal da cidade, Carlos Roberto Junior, as apresentações reuniram cerca de 7700 pessoas.

 Para o coordenador do festival, Osvaldo Beraldo, a recepção do público foi altamente favorável, superando as expectativas dos organizadores. “Em algumas apresentações houve lotação e algumas pessoas tiveram que ficar de fora”, disse o coordenador. As sessões tiveram entrada franca e ocorreram em várias regiões da cidade: Teatro Municipal Lulu Benencase, Casa de Cultura Herman Müller, Teatro Fábrica das Artes, Calçadão da Rua 30 de julho, Centro Integrado de Educação Pública (CIEP) do Bairro Praia Azul e na praça do bairro Cidade Jardim.

 A recepcionista Larissa Moraes Barrucalle e o estudante Marcelo Ferreira aproveitaram a folga do feriado do dia 7 de setembro para prestigiar o festival. Eles assistiram ao espetáculo É só uma formalidade, da companhia mineira Quatroloscinco. “Achei a peça ótima. O festival é uma ótima forma de lazer, ainda mais porque é gratuita”, disse Marcelo. Para Larissa, essa é uma ótima oportunidade para aqueles que não têm condições de ir ao teatro com frequência. “Boas peças custam caro, por isso temos que aproveitar situações como essa”, afirmou a recepcionista.

O Festival de Teatro de Americana não ocorria desde 2007 – por falta de verba – e este ano contou com 131 inscrições de diversos estados brasileiros, porém somente 20 peças foram selecionadas, dentre elas sete na categoria adulto, cinco da categoria infantil, três de rua e cinco da mostra paralela Sessão Maldita, que ocorria todos os dias à meia noite no teatro Fábrica das Artes. A Secretaria de Cultura de Americana repassou, como apoio, cerca de 3 mil reais para cada grupo selecionado.

Confira a lista dos premiados:

ADULTO
1º Lugar Por que a criança cozinha na polenta Cia Mugunzá S Paulo – SP
2º Lugar O Caderno da Morte Cia Zero Zero S Paulo – SP
3º Lugar Chuva Pasmada Cia Matula/Okamotto Campinas – SP
Júri Popular Obs.:Cênicas Cia Estopim de Teatro Americana – SP
INFANTIL
1º Lugar Marcelo Marmelo Martelo Cia Azul Celeste S. José R Preto – SP
2º Lugar O que você vai ser antes de crescer Cia Pic nic de Teatro São B do Campo – SP
3º Lugar A Princesa Diva A Divinha Cia da Boca S. José Rio Preto – SP
Júri Popular O que você vai ser antes de crescer Cia Pic nic de Teatro São B do Campo – SP
RUA
1º Lugar O Comecim das Coisas La Cascata Cia Cômica São J. Campos – SP
Júri Popular O Comecim das Coisas La Cascata Cia Cômica São J. Campos – SP
SESSÃO MALDITA
Júri popular Cru Cia Plágio de Teatro Brasília – DF
             

 Veja abaixo algumas fotos do festival:

2 pensamentos sobre “Americana não quer só comida

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s