Ideia verde?

Ideia verde?

Beatrice Trochmann – beatricets@hotmail.com

Sujeira torna a proposta de sustentabilidade do SWU contraditória 

Festival SWU, que aconteceu nos dias 12, 13 e 14 de novembro em Paulínia/SP em sua segunda edição, é um evento junto a um movimento de conscientização das pessoas em prol da sustentabilidade e tem o intuito mostrar que por meio de pequenas ações e atitudes individuais é possível construir um mundo melhor para se viver.

 Porém, o festival em “pró” a sustentabilidade mostrou um total descaso com o meio ambiente. A falta de cuidado da organização para reduzir o lixo foi refletida no grande consumo de descartáveis como latas, garrafas pets e papéis que os participantes jogavam no chão, sem a menor preocupação. A falta de higiene nos banheiros, mau cheiro, a poluição de gases liberados pelos veículos que aguardavam nas imensas filas na entrada e saída do evento e as revistas policiais para tirar todos os alimentos que as pessoas levaram, obrigando os participantes a adquirir alimentos no evento a preços abusivos também foram exemplos de condutas contraditórias a proposta do SWU.

 Apesar da organização divulgar o sucesso do evento, quem esteve presente viu que  muitas falhas ficaram evidentes. O que era para ser um movimento de informação, interação e conscientização mostrou-se apenas uma grande jogada de marketing com propósitos lucrativos.

 “Apesar de ter sido uma super oportunidade e um evento muito legal, eu imaginava algo totalmente verde e diferente, mas foi como qualquer outro festival grande.” comenta Isabela Biasi, estudante que participou do SWU pela primeira vez.

 Natália Zincone participou do festival pela segunda vez este ano e diz que espera para o próximo ano correção das falhas que ela viu nas duas edições “Espero que realmente demonstrem que o festival tem a ideia de uma “consciência verde”, afirma.

A reportagem enviou um email a assessoria de imprensa do evento, que não respondeu. Até o momento, a única mudança anunciada por Fischer, idealizador do festival, é a data de realização: por causa das chuvas de novembro, no próximo ano o festival poderá acontecer em setembro ou outubro.